Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios. Si continúa navegando, consideramos que acepta su uso. Puede obtener más información en nuestra política de cookies

CIÊNCIAS DA COMPLEXIDADE E EDUCAÇÃO: RAZÃO APAIXONADA E POLITIZAÇÃO DO PENSAMENTO

CIÊNCIAS DA COMPLEXIDADE E EDUCAÇÃO: RAZÃO APAIXONADA E POLITIZAÇÃO DO PENSAMENTO
Ficha técnica
Editorial:
EDITORA APPRIS
ISBN:
9788547306304
Idioma:
PORTUGUÉS
Formato:
EPUB
DRM:
Si
Tagus

7,99 €

Ciências da Complexidade e Educação: razão apaixonada e politização do pensamento é uma constelação de artigos, ensaios e conferências escritos por Maria da Conceição de Almeida sob o signo de uma razão aberta que religa rigor e leveza. Os 12 textos tratam de educação, antropologia fundamental, diversidade cultural, ética do intelectual, nascimento e metamorfose das ciências modernas, emergência da noção de complexidade e estado da arte da nova reorganização da cultura científica. O apelo à politização do pensamento, ao nomadismo das ideias, ao fim das certezas e à metamorfose do intelectual é a tônica comum a todos os textos. Tendo como interlocutores pensadores como Edgar Morin, Claude Lévi-Strauss, Isabelle Stengers, Gaston Bachelard, Ilya Prigogine, Henri Atlan, Bruno Latour, Werner Heisenberg, entre outros, a autora problematiza as bases epistemológicas de uma ciência da inteireza e da implicação do sujeito no conhecimento. Defende uma ciência no plural, um conhecimento de base complexa e transdisciplinar. Instiga o leitor a se deslocar da narrativa analítica da ciência que aprisiona o pensamento no cárcere das certezas e verdades unitárias e dogmáticas. Escrito em linguagens diferenciadas, por vezes mais prosaicas, por vezes mais poéticas, o livro expõe uma ecologia das ideias capaz de provocar novas atitudes e ações por parte de educadores, antropólogos, filósofos, sociólogos, literatos e cientistas de diversas áreas.